16/06/20

Para onde as grandes empresas do digital estão olhando? (Parte 1 / 3)

Já não é novidade para ninguém que o digital vem substituindo o analógico em diversos pontos do nosso dia a dia.

Talvez você não tenha previsto essa transição quando as cartas e encontros presenciais deram lugar aos e-mails e ligações, nem quando as movimentações financeiras migraram em sua maioria do papel para os zeros e uns, ou quando sua loja de presentes favorita passou a ser um site e não um comércio de porta.

 Os sinais foram pouco a pouco aparecendo, pilhas de papéis se transformaram em PDFs, livros viraram e-books, o atendimento ao cliente agora passa por robôs e automações antes do contato direto com um ser humano e de repente estamos migrando nossas reuniões familiares para os grupos de redes sociais e nossos encontros outrora marcados em cafeterias, lanchonetes e restaurantes, fixaram-se em links de vídeo chamadas.

É natural portanto que nossas relações de trabalho acompanhem essa transição. Claro que o momento é atípico, mas a tendência fica mais perceptível em meio ao distanciamento provocado pela pandemia, nesse ano de 2020.

Quando pensamos nas novidades entre as maiores empresas do mundo nos últimos 20 anos, conseguimos ver uma grande movimentação do capital global para negócios que se dão através de plataformas digitais.

 A maior empresa de transporte privado do mundo não possui um estacionamento, frota ou sequer uma loja física onde você possa fazer seu pedido. A maior empresa de varejo não tem vitrine, loja física ou vendedor. A maior rede de hospedagem e hotelaria não possui sequer os apartamentos, quem dirá recepção ou lounge. Esse mesmo padrão se aplica à alimentação, varejo, educação e tantos outros diferentes mercados.

Mas se Amazon, Uber, AirBNB e tantos outros negócios digitais não tem mais tanto valor imobilizado, como se tornaram líderes de mercado? O que há de tão diferente nesses negócios? Como podemos aprender com eles?

 Bom, sinto informar mas não existe uma única resposta. Navegando pelo google você encontrará várias tentativas de responder a estas e a outras perguntas tão complexas quanto esse novo meio de interação. Tão pouco encontrará respostas definitivas nesta série de e-mails, a intenção aqui é trazer luz à alguns assuntos para enriquecer a reflexão sobre este tema importante que já é hoje um definidor de sucesso das empresas que mais crescem no mundo.

Ficou com vontade de entender um pouco mais sobre como funcionam grandes empresas no digital? No próximo e-mail, vamos abordar os tópicos: 

  1. O grande poder da Internet
  2. As Pontes
  3. Informação (Dados)
Fonte: #CSC
Compartilhe: